Estranho casamento – questionário sobre o texto – revisões

20 Maio

O padre coçava a cabeça nervosamente. Sempre detestara que as coisas não corressem conforme as regras.

Ester, a noiva, vigiava do altar a porta da igreja, resmungando vinganças cruéis contra o noivo atrasado.

Rodrigo não prestava muita atenção à cerimónia, pois recebera uma mensagem do senhor Fernandes, preso evadido de Caxias, a prometer as represálias mais atrozes. O cabelo reflectia a sua preocupação, apresentando mais bufos do que seria admissível numa festa de casamento.

A mãe da irritada noiva culpava o pai do atraso do noivo. O pai defendia-se, vá-se lá saber porquê, com a crise política.

O pai do noivo atrasado culpava a esposa e esta choramingava, dizendo que queria o divórcio, que detestava o filho e o rottweiller adoptado no último exposalão da Batalha e que os sapatos estavam apertadíssimos.

O menino das alianças impacientava-se com a demora e entretinha-se a meter as alianças na boca.

O padre aproveitou para fazer um sermão sobre a falta de pontualidade e sobre a possibilidade de Deus se sentir ofendido.

As pessoas aproveitavam para actualizar as notícias da vizinhança. O padre, irritado, mandava-as calar, dizendo que a igreja já parecia uma sala de aula.

O sermão frustrado foi interrompido por uma barulheira infernal: o noivo, esbaforido, entrou de rompante pela igreja, correndo a bom correr. Atrás dele, rosnando de uma forma aterradora, vinha o rottweiler, tentando agarrar-lhe o fundilho das calças. Felizmente, o terrível bicharoco reparou em Hamid, o desditoso muçulmano da loja, e resolveu desviar o seu trauma de infância para o desgraçado. O noivo, todo roto, justificava o seu atraso num tom algo asmático. A noiva, ainda a tremer de raiva, lá concordou em prosseguir a cerimónia.

Este texto faz parte de um romance cujo primeiro volume está publicado em formato de ebook neste site http://www.amazon.com.br/Trag%C3%A9dia-montanha-Teresa-Abreu-Barreto-ebook/dp/B00FKURDDM/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1386450259&sr=8-1&keywords=trag%C3%A9dia+na+montanha com o preço de cerca de dois euros. O seu título é “Tragédia na montanha”

questionário:

grupo I

  1. “O padre coçava a cabeça nervosamente. ” Qual a razão que levava o padre a estar nervoso?
  2. Qual era a reação da noiva perante o atraso do noivo?
  3. Para a mãe da noiva, quem era o culpado do atraso? E para o pai?
  4. A mãe do noivo choramingava.  O que a fazia sentir-se mal?
  5. De que modo o menino das alianças lidava com  a impaciência?
  6. Afinal, qual foi o motivo do atraso?
  7. Como foi que o noivo se livrou do seu perigoso perseguidor?

grupo II

1. Indica as funções sintáticas dos grupos assinalados:

a) O padre coçava a cabeça nervosamente. Sempre detestara que as coisas não corressem conforme as regras.

b) Rodrigo não prestava muita atenção à cerimónia

c) a igreja já parecia uma sala de aula.

2. Assinala as frases em que o verbo é copulativo:

a) O padre era nervoso.

b) O padre parecia nervoso.

c) O padre ficou nervoso.                                    g) O padre ficou na igreja, quando saímos.

d) O padre permaneceu nervoso.                    h) O padre permaneceu  na igreja, quando saímos.

f) O padre continuou nervoso.                          i) O padre continuou  na igreja, quando saímos.

NOTA: Verbos Copulativos: São verbos de ligação entre o sujeito e o predicativo do sujeito. Os verbos copulativos são: ser, estar, continuar, parecer, ficar, permanecer…

3. Indica o tempo e o modo das seguintes formas verbais:

  • coçava
  • detestara
  • corressem
  • vigiava
  • resmungando
  • prestava
  • recebera
  • reflectia
  • apresentando
  • culpava
  • defendia
  • choramingava
  • dizendo
  • queria
  • detestava
  • estavam
  • entretinha
  • aproveitou
  • actualizar
  • entrou
  • rosnando
  • vinha
  • tentando
  • reparou
  • resolveu

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: