Tópicos de análise – Tempestade

21 Jul
  • O espaço é marcado pela expressão “dali” ; o tempo, por “cinco Sóis eram passados” (cinco dias).
  • Primeiramente, descreve-se a “figura” do gigante e depois a sua “estatura” ; de seguida, especificam-se aspetos mais particulares, como “O rosto” , “a barba” , “Os olhos” , “a postura” , “os cabelos” , “A boca” e “os dentes” .
  • O principal recurso é a adjetivação, que ora é utilizada de forma dupla ( “robusta e válida” , “disforme e grandíssima” , “Medonha e má” , “terrena e pálida” ), ora simples ( “carregado” , “esquálida” , etc.), podendo ainda encontrar-se flexionada no grau superlativo ( “grandíssima” ).
  • Se Gama permanecesse imperturbável não seria humano; até o corajoso capitão fica estarrecido, o que sublinha o carácter terrífico do gigante.
  • A elogiosa apóstrofe inicial ( “Ó gente ousada” ) é reforçada pela caracterização que a seguir se faz dos Portugueses: estes cometem grandes feitos, são incansáveis em guerras e trabalhos e transgridem os limites ao rasgar os mares, desvendando “os segredos escondidos” do oceano ( “do húmido elemento” ).
  • As profecias são um ingrediente do “maravilhoso”, característico da obra épica.
  • À pergunta de Gama, Adamastor reage como se lhe remexessem numa ferida secreta, como se “a pergunta lhe pesara” , retorcendo boca e olhos, soltando um “brado” de dor, mudando o tom ameaçador, furioso e arrogante para um tom amargo, dolorido “pesada”.
  • O Adamastor foi tocado no seu ponto fraco, levado a recordar o seu drama pessoal e as razões que conduziram à miséria da sua presente situação.
  • O Adamastor revela que, no momento presente, é o Cabo das Tormentas e que fora um titã, um gigante que se rebelara contra os deuses, chefiando a “marinha” titânica contra a armada de Júpiter; explica que a paixão por Tétis o levara a abraçar a rebelião.
  • Tendo reconhecido que a sua monstruosidade não seduziria a ninfa, tentou conquistá-la pelas “armas” , mas foi vexatoriamente ludibriado. A dor da frustração amorosa é vividamente descrita: julgando abraçar a “branca” e “despida” Tétis, afinal apertava um “duro monte/De áspero mato” , tendo-se transformado no penedo que abraçava.
  • Acentuando a sua infelicidade, afigura-se-lhe que Tétis se passeia nas águas que o circundam a ele, um Cabo imobilizado.
  • O Gigante desaparece repentinamente, embaraçado pela sua confissão, largando um “medonho” e amargo choro. Em simultâneo, atenuam-se os sinais iniciais de tempestade: a nuvem desaparece e cessa o bramido do mar.
  • Gama suplica a Deus que impeça a realização das sinistras profecias do Adamastor.

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: